Resíduos tóxicos são comuns no dia a dia e merecem atenção especial

Saiba qual a melhor forma de descarte e quais os perigos desses materiais para o ser humano e para o meio ambiente

residuos-toxicos

Resíduo tóxico é tudo aquilo que é descartado e contém substâncias com propriedades químicas nocivas aos seres vivos. Esse tipo de material pode causar problemas sérios à saúde humana, como infecções, decorrentes da contaminação desses materiais, câncer, má formações e até morte. Para o meio ambiente, o perigo está principalmente na poluição dos lençóis freáticos, além de ser responsável por mutações genéticas de alguns seres.

Existem diversos produtos que são usados no dia a dia e que devem ser tratados com cuidado no momento do descarte. Pilhas, baterias, tintas e solventes, remédios vencidos, lâmpadas fluorescentes, eletroeletrônicos, termômetros e óleo de cozinha são exemplos de resíduos tóxicos. Também entram nessa classificação o resíduo hospitalar, as embalagens de agrotóxicos e de produtos químicos, entre outros.  O destino mais correto para a maioria dos materiais é a reciclagem e, para isso, basta encontrar um ponto de coleta para descartá-los com segurança.

Já os resíduos hospitalares passam por um processo diferente. O armazenamento deve ser feito em local seguro, de forma a não causar riscos a quem entrar em contato na hora do recolhimento, assim como devem ser identificados, mostrando o que contém em cada recipiente de acondicionamento. Os lixos hospitalares podem ser tratados em autoclaves ou microondas, que usam altas temperaturas para matar os micro-organismos presentes. Então, quando um resíduo passa pelo processo de descontaminação finalmente poderá ser encaminhado a um aterro sanitário, junto com os demais resíduos sólidos.

 Lâmpadas fluorescentes

No caso das lâmpadas fluorescentes, quando descartadas incorretamente são encaminhadas a aterros sanitários e se misturam às lâmpadas comuns. Ao quebrarem, liberam Mercúrio (Hg), uma substância tóxica que contamina o solo, atingindo o lençol freático. Além disso, o contato em níveis elevados com a substância causa sérios danos à saúde.

Empresas especializadas em fazer o descarte desse material, como a Recilux, são responsáveis por isolar o mercúrio contido nas lâmpadas, eliminando a possibilidade de contaminações ambientais e intoxicações.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s