Brasil investe cada vez mais em energia renovável

renovaveisExtraídas da natureza e benéficas ao meio ambiente, as fontes energéticas não finitas apontam o caminho para o crescimento sustentável

Chama-se energia renovável todo tipo de energia que vem dos recursos naturais como chuva, vento, sol e marés. Todos esses tipos são renováveis, ou seja, não se esgotam e não liberam poluentes para a atmosfera, não causando impactos ambientais ao planeta Terra.

Dono da matriz energética mais limpa do mundo industrializado, o Brasil mantém o ritmo de crescimento das fontes renováveis nos últimos dez anos. Dados do Ministério de Minas e Energia revelam que 45,4% de toda a energia produzida no País em 2010 tem origem em recursos naturais que não são finitos. O governo brasileiro pretende investir cerca de R$ 63 bilhões para expansão de energias renováveis até o ano de 2020. Atualmente, o Rio Grande do Sul representa 11% do potencial dessas fontes renováveis.

Principais fontes de energia renováveis:

– Energia eólica: tem origem na força dos ventos que movimentam as pás de cata-ventos que são ligados aos geradores;

– Energia solar: através painéis fotovoltaicos que transformam a luz solar em energia;

– Energia hidráulica: tem origem na água que gira as turbinas das usinas hidrelétricas, gerando energia;

– Energia geotérmica: é obtida usando o calor existente no interior da terra;

– Biomassa (agrícola): tem origem na queima de palha de milho, bagaço de cana-de-açúcar, casca de arroz, etc.

Segundo informação do Ministério de Minas e Energia, em 2009, cerca de 20% do consumo mundial de energia veio de fontes renováveis, sendo 13% provenientes da tradicional biomassa, que é usada principalmente para aquecimento, e 3,2% a partir da hidroeletricidade.  Novas energias renováveis (pequenas hidrelétricas, biomassa, eólica, solar, geotérmica e biocombustíveis) representaram outros 2,7% e esse percentual cresce a cada ano.

Há apenas dez anos, na matriz energética do país, a fonte eólica, gerada a partir do vento, é a segunda mais competitiva do Brasil. Porém, apesar do rápido crescimento, hoje representa apenas 3% da matriz elétrica brasileira. Para que a energia eólica seja produzida, é necessário que os aerogeradores (grandes turbinas em forma de cata-vento) sejam instalados em locais abertos e com grande quantidade de vento. À medida que as hélices se movimentam, produzem energia captada por um gerador, gerando a eletricidade que pode ser distribuída para as residências.

A vantagem da utilização de recursos energéticos renováveis é que eles não oferecem impacto ambiental por não produzirem gases de efeito estufa, ao contrário do que acontece com os combustíveis fósseis, derivados do carvão ou do petróleo. É importante lembrar que mesmo sendo uma energia renovável, e que não polui, deve ser usada com economia e com consciência, evitando deixar aparelhos eletrônicos e lâmpadas ligadas sem necessidade.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s